Texto e Fotografias de Mônica Yamagawa


centro de são paulo


história da arte


mundo digital


patrimônio cultural

CENTRO DE SÃO PAULO

PINACOTECA DO ESTADO

indicações de livros
artigos para download gratuito

atualizado em: 6 de fevereiro de 2017

 

home > centro de são paulo > biblioteca online > PINACOTECA DO ESTADO

O Edifício do Jardim da Luz
Do Liceu de Artes e Ofício para a Pinacoteca do Estado

O projeto do prédio, de Dominiciano (Dimiziano) Rossi, apresentava planta simétrica, de três pavimentos, com repetição das pilastras estruturais. Com influência do neoclassicismo italiano, apresentava dois pátios internos descobertos, para onde abriam-se diversas janelas, facilitando a iluminação e ventilação dos corredores e das salas de aula... [+ continue lendo]

 

Abaixo, algumas indicações de livros e artigos sobre a Pinacoteca do Estado:

download gratuito

Arte, pátria e civilização: a formação dos acervos artísticos do Museu Paulista e da Pinacoteca do Estado de São Paulo (1893-1912)

Pedro Nery
USP

A dissertação tem como objetivo analisar a formação da coleção artística do Estado de São Paulo, entre os anos de 1893 e 1912, tratando de sua história no âmbito de instauração da República e da constituição de instituições de guarda e exposição de objetos artísticos. Observa as primeiras aquisições destinadas ao Museu Paulista (Monumento do Ipiranga) entre 1893 e 1904, a transferência de uma parcela dessas obras de arte para fundar a Pinacoteca do Estado de São Paulo em 1905 e o alargamento da coleção desta última instituição até 1912, quando suas atividades são regulamentadas. Essas aquisições ocorrem no momento de ascensão, tanto econômica quanto política, do Estado de São Paulo, quando seus dirigentes passam a instaurar novas perspectivas sobre a história de São Paulo em confluência com essa situação privilegiada. A dissertação busca compreender a historicidade das aquisições em conjunto com os discursos dos próceres do Estado de São Paulo, analisando as articulações históricas de construção de narrativas cívicas por meio da coleção de arte. Busca também observar conexões entre a formação da coleção e seus contextos: museológico, historiográfico e da produção artística brasileira. A trajetória da coleção é percebida em relação aos nexos formativos de um campo artístico na cidade de São Paulo, pois sua constituição permite também observar movimentos desse campo, até o museu tornar-se efetivamente parte oficial da engrenagem social do circuito artístico na metrópole. Investigando o movimento histórico de atribuição de valores e representações públicas almejadas por políticos, artistas e a opinião pública de seu tempo, a pesquisa busca a compreender a inserção da coleção do museu na cultura artística, política e institucional da São Paulo no entresséculos XIX e XX...[+]

 


Livro: Arte Brasileira na Pinacoteca do Estado de São Paulo. Disponível na Livraria Cultura

Arte Brasileira Na Pinacoteca do Estado de São Paulo

Taisa Helena Pascale Palares (organizadora)
Imesp
2010

Em 'Arte Brasileira na Pinacoteca do Estado de São Paulo' alguns críticos e historiadores nacionais fazem uma análise sobre as obras do acervo da Pinacoteca. Em 240 páginas ilustradas, o livro traz também um resumo das leituras monográficas apresentadas por especialistas em um ciclo de 16 conferências realizadas em 2003 e um registro histórico da arte brasileira e da Pinacoteca, desde a sua fundação. O livro inclui análises de mestres como Carlos Lemos, José Roberto Teixeira Leite, Luciano Migliaccio, Aracy Amaral e Tadeu Chiarelli, que analisam obras e artistas da arte brasileira - Almeida Junior, Pedro Américo, Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Lasar Segall, Cândido Portinari, Anita Malfatti e Victor Brecheret...[+]

 


download gratuito

Reciclagem de uso e preservação arquitetônica

Joel Gorski
UFRGS
2003

Dissertação de mestrado apresentada como requisito parcial para obtenção de título de mestre em arquitetura.

O presente trabalho constitui-se numa reflexão acerca das possibilidades que se abrem para a preservação de bens arquitetônicos, na medida em que se viabiliza sua utilização por funções distintas das que originalmente levaram a sua construção. São analisados aspectos relativos à evolução das preocupações com a preservação de edificações de caráter histórico e excepcional, assim como da chamada arquitetura vernacular. Recebem especial atenção questões vinculadas a políticas públicas e à prática da arquitetura envolvidas nas intervenções realizadas em preexistências. A análise de projetos de variadas escalas e repercussões serve de pano de fundo para a discussão de metodologias e procedimentos empregados por arquitetos em diversas realidades. O estudo procura identificar os principais temas que se fazem presente quando a arquitetura proposta tem como ponto de partida uma arquitetura já existente...[+]

 

download gratuito

MATERIAIS PLÁSTICOS NO ACERVO DA PINACOTECA DO ESTADO DE SÃO PAULO: A FONTE DAS NANÁS DE NIKI DE SAINT PHALLE

Camilla Vitti Mariano
Escola de Belas Artes/ UFMG
2012

Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação em Artes da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Artes Visuais.

Essa pesquisa discute a problemática que envolve a conservação de arte contemporânea, na utilização pelos artistas, de materiais plásticos em suas obras. A obra escolhida como estudo de caso foi a Fonte das Nanás, de autoria de Niki de Saint Phalle é constituída por resina de poliéster e fibra de vidro e integra o acervo da Pinacoteca . A escolha partiu do fato da obra apresentar deteriorações da sua camada de pintura e do verniz de proteção, devido à contínua exposição aos fatores ambientais e pela própria concepção da obra como uma fonte d’água. Esse trabalho reúne um conjunto de estudos que abrangem a pesquisa histórica e conceitual da artista e das suas relações com outros artistas e movimentos, incluindo as análises do material constituinte da obra, o método construtivo, seu estado de conservação e as condições ambientais do espaço expositivo. A Pinacoteca me apoiou no contato com importantes instituições internacionais, como o Getty Conservation Institute (GCI), Niki Charitable Art Foundation (NCAF), como também para minha participação em congressos e seminários sobre o tema. A instituição me facilitou o acesso aos museus que possuem obras da artista, para a aquisição de bibliografia específica, além da organização, em 2012, de uma Jornada Técnica sobre os materiais plásticos de seu acervo artístico. Um levantamento minucioso nas obras constituídas por esses materiais foi realizado por mim, para a caracterização dos polímeros base de cada obra. Essas informações serão inseridas, em curto prazo, no banco de dados do museu, o que será de enorme relevância para a conservação, acondicionamento, manuseio e exibição dessas obras...[+]

 


download gratuito

PROPOSTAS POÉTICAS A PARTIR DO ACERVO DA PINACOTECA DO ESTADO DE SÃO PAULO

EDUARDO MOSANER JR
NORBERTO STORI
PETRA SANCHEZ SANCHEZ
18º Encontro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas Transversalidades nas Artes Visuais
2009

Este trabalho é o produto de uma pesquisa em metodologia de ensino de Artes no Ensino Médio. Por um lado, introduz a imagem no cotidiano escolar e, por outro, não está preocupada unicamente no fazer dos trabalhos de ateliê. Há toda uma preparação em analisar, ler e entender imagens antes de produzir uma resposta poética. O objetivo desta pesquisa é aplicar a Abordagem Triangular, enunciada por Ana Mae Barbosa, como facilitadora no desenvolvimento de habilidades para a apreciação, contextualização e elaboração de propostas poéticas pelos alunos. Partindo da leitura, análise e contextualização de obras do acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo, os alunos produziram respostas poéticas em artes visuais, reinterpretando e dando novas leituras às obras originais. Palavras-chave: arte, alfabetização visual, Abordagem Triangular, acervo da Pinacoteca...[+]

 


Pinacoteca 100 Anos destaque do acervo

Marcelo Matos Araújo
(organizador)
Pinacoteca do Estado
2005

A Pinacoteca do estado em São Paulo comemorou em 2005 o seu primeiro centenário de existência. Fundada em 1905, pelo governo do estado de São Paulo, a Pinacoteca é o museu de arte mais antigo em São Paulo...[+]

Edição usada disponível nos sebos da
Estante Virtual

 


download gratuito

Trabalhadores de Museus: o público esquecido pelos serviços educativos

Gabriela Figurelli
SIAM. Series Iberoamericanas de Museología.Vol. 2.
2012

Este texto, que tem como intuito discutir o pioneirismo da Pinacoteca do Estado de São Paulo ao desenvolver um programa educativo direcionado aos trabalhadores de museu, é uma adaptação de minha dissertação de mestrado em Museologia intitulada ‘O Público Esquecido pelo Serviço Educativo: estudo de caso sobre um programa educativo direcionado aos funcionários de museu’. A partir do entendimento de que os funcionários dos museus são também público das instituições museológicas, o estudo se propôs a discutir a relevância do tema e analisar como as ações do setor educativo direcionadas à equipe de trabalhadores contribuem no desenvolvimento social destes funcionários e no funcionamento do museu. Mediante análise das informações concluiu-se que o programa educativo é importante para a instituição à medida que qualifica a atuação dos funcionários que trabalham próximo ao público, e esta qualificação contribui na experiência da visita e na construção da imagem que o público cria acerca do museu; é também relevante por agregar significado à vida dos funcionários através de iniciativas que contribuem para o desenvolvimento do seu pensamento crítico, noção de temporalidade, sentido de pertencimento e elevação da auto-estima...[+]

 


Pinacoteca do Estado: a história de um museu

Márcia Camargos
Marcelo Mattos Araújo
Pinacoteca do Estado
2007

Esta obra visa comemorar centenário da Pinacoteca do Estado e oferecer uma visão histórica do museu de arte de São Paulo. O livro traz imagens do espaço e das obras do museu...[+]

Edição usada disponível nos sebos da
Estante Virtual

 


download gratuito

Os visitantes do Museu Paulista: um estudo comparativo com os visitantes da Pinacoteca do Estado e do Museu de Zoologia

Adriana Mortara Almeida
Anais do Museu Paulista
2004

Neste artigo pretende-se discutir as diferenças entre os públicos de museus de história, arte e ciência, com um aprofundamento nas motivações e expectativas dos visitantes. Para o Museu Paulista apresentarei de forma detalhada a “fala” dos visitantes em relação aos benefícios da visita e ao que mais gostaram, dando uma leitura preliminar de seu conteúdo.Dessa maneira, pensa-se em colaborar para o desenvolvimento dos estudos de públicos no Brasil, ainda pouco sistemáticos, mas que permitem aos museus conhecer seus públicos e assim criar e aperfeiçoar seus programas, de acordo com sua missão, mas com uma visão mais clara dos seus interlocutores/visitantes e até de seus “não-visitantes”. Inicialmente, discutirei a questão da tipologia dos museus, por ser a base da hipótese de pesquisa, ou seja, se o perfil, as motivações e expectativas dos públicos variam conforme o tipo de museu. Em seguida, apresentarei referenciais teóricos e estudos que nortearam a metodologia e alguns dos resultados obtidos.Na última parte, descreverei as respostas dos visitantes do Museu Paulista às questões abertas, procurando identificar as leituras das exposições apresentadas, na visão do receptor/visitante.Este trabalho abriu um conjunto de questões para novas investigações sobre as condições dos visitantes e suas leituras das exposições...[+]

 


download gratuito

Velha-nova Pinacoteca: de espaço a lugar

Fábio Müller
Vitruvius
2000

Prelúdio: a simultaneidade da dicotomia: o novo e o preexistente. Não deveria haver o problema específico da intervenção arquitetônica em preexistências, somente o problema único da arquitetura. A intervenção em preexistências é essencialmente Arquitetura, com A maiúsculo: concepção que transcende a mera recuperação estilística e estrutural e os fatores técnicos e construtivos da materialidade da obra... [+]

 


download gratuito

Mudanças na função e na imagem do museu de arte: o caso Pinacoteca

Edson do Prado Pfutzenreuter
Jade Samara Piaia
Líbero
2014

Este trabalho trata da comunicação visual dos museus de arte do Estado de São Paulo. Atualmente o papel dos museus de arte no Brasil tem mudado, o que podemos observar em levantamentos internacionais sobre a visitação em mostras de arte. O principal assunto é a identidade visual da Pinacoteca do Estado de São Paulo, exibida em uma exposi- ção que abrangeu desde o primeiro catálogo de 1912, até peças gráfi cas produzidas em 2012. A exposição permitiu observar como a Pinacoteca foi identifi cada visualmente em diferentes momentos históricos...[+]

 


download gratuito

Pinacoteca do Estado de São Paulo: proposta de estudo publicitário para um museu de arte estatal

Ana Grazielle de Sá ALMEIDA
André da Rocha PINA
Diego Felipe Cezar ESTEVES
Rodrigo Barreto BEZERRA
Prof. Dr. José Mauricio Conrado Moreira da SILVA6
Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação
2013

O presente trabalho teve como objetivo um estudo, sob a ótica de propaganda, marketing e design, da Pinacoteca do Estado de São Paulo, e para tal, utilizamos estudos sobre o contexto histórico e ainda uma pesquisa quantitativa descritiva. Esta análise visa compreender o motivo que leva o museu a ter menos visitantes do que poderia e propor uma solução a esta situação de marketing. O tema pode servir como ferramenta para a compreensão e planejamento de toda comunicação publicitária em prol da cultura...[+]

 


download gratuito

Interligar o museu e seu entorno: a ação educativa extramuros da Pinacoteca do Estado de São Paulo

Gabriela Aidar
Milene Chiovatto
UNISAL
2011

Este texto apresenta uma reflexão sobre as particularidades da educação em museus e sobre as implicações da acessibilidade nestas instituições, apresentando um processo educativo realizado junto a não públicos. Aborda especificamente a ação educativa extramuros da Pinacoteca do Estado de São Paulo, Brasil, o mais antigo museu de arte deste estado. Esta ação é desenvolvida há três anos junto a grupos de adultos em situação de rua freqüentadores de casas de convivência do entorno do museu, por meio de oficinas de artes, visitas educativas regulares à Pinacoteca e outras ações tais como exposições educativas e publicações...[+]

 


Escultura brasileira da Pinacoteca ao Jardim da Luz

Agnaldo Farias
Pinacoteca do Estado
2000

Fotografias e informações sobre o projeto e aas esculturas a Pinacoteca do Estado expostas no Jardim da Luz...[+]

Edição usada disponível nos sebos da
Estante Virtual

 


PINACOTECA DO ESTADO. CATÁLOGO GERAL DE OBRAS

Imesp
1988

 

Edição usada disponível nos sebos da
Estante Virtual

 

home      moyarte      não-diário      contato