Texto e Fotografias de Mônica Yamagawa


centro de são paulo


história da arte


mundo digital


patrimônio cultural

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos
EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A
SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

Edição usada disponível na Estante Virtual

 


CAPITAL - SAO PAULO E SEU PATRIMONIO ARQUITETONICO

Juan Esteves
Antonio Carlos Abdalla
Imesp
2013

'A Secretaria de Estado da cultura de São Paulo tem imensa satisfação em apoiar a reedição do livro 'Capital - São Paulo e seu patrimônio arquitetônico, de Juan Esteves. Com curadoria de Antonio Carlos Abdalla, o conjunto de fotografias selecionadas oferece um amplo panorama da diversidade de edifícios de distintas naturezas que marcaram a capital paulista ao longo de sua história, especialmente os últimos 100 anos. Colocado em evidência no magistral registro de Juan Esteves, o patrimônio arqutetônico paulistano pode aqui ser apreciado nos detalhes que acabam por ficar invisíveis em meio à agitação cotidiana da metrópole. Ao dar merecida visibilidade aos edifícios retratados, esta publicação ajuda a sensibilizar para a necessidade de preservação desse patrimônio, uma importantíssima e difícil tarefa, que precisava envolver toda a sociedade.' - Marcelo Mattos Araujo...[+]

 


Pioneiros & Empreendedores: a saga do desenvolvimento no Brasil

Jacques Marcovitch
Edusp
2009

Nesta obra, Jacques Marcovitch refaz o caminho trilhado por mais oito pioneiros na construção do desenvolvimento brasileiro - Herman Lundgren, Luiz Tarquínio, Bernardo Mascarenhas, Delmiro Gouveia, Roberto Marinho, Augusto Trajano de Azevedo Antunes, Samuel Benchimol e Edson Queiroz. Nos textos de abertura e fechamento, reflete sobre as circunstâncias históricas em que se deram as experiências narradas, a realidade vivida pelos agentes econômicos e o papel de outros personagens que também ajudam a compreender o fenômeno no Brasil...[+]

 

CENTRO DE SÃO PAULO

ANTIGO LONDON AND

RIVER PLATE BANK

rua 15 de novembro, 324 a 336

atualizado em: 13 de maio de 2016

 

home > centro de são paulo > ANTIGO LONDON AND RIVER PLATE BANK

Antiga sede do London and River Plate Bank Limited, inaugurado em 1912. Projetado e construído por Lindenberg, Alves & Assumpção. É um exemplo do estilo neogótico, em voga do século XIX.

Segundo Jacques Narcovitch, o sucesso do Banco Mauá junto à bolsa londrina não passou desapercebido pelos investidores britânicos e na segunda metade do século XIX, um grupo de capitalistas se reuniu para lançar o The London and Brazilian Bank, entre os responsáveis pelo empreendimento estavam vários acionistas da San Paulo Railway e Edward Johnson - grande importador de café do Brasil. Poucos meses depois, outro grupo se reuniu e lançou o "The London and River Plate bank", com o objetivo de também atuar em Montevidéu e Buenos Aires: 

"Em ambos os casos as ações foram imediatamente subscritas, totalizando um capital de um milhão de libras no primeiro caso e seiscentos mil no segundo."

[MARCOVITCH, Jacques. Pioneiros & Empreendedores: a saga do desenvolvimento no Brasil. Volume 2. São Paulo: Edusp, 2009, p.57]

home      moyarte      não-diário      contato