Website de Mônica Yamagawa

ESCOLA DE COMÉRCIO

ÁLVARES PENTEADO

largo de são francisco, 19

história do centro de são paulo

atualizado em: 26 de setembro de 2017

 

home > centro de são paulo > verbetes individuais > ESCOLA DE COMÉRCIO ÁLVARES PENTEADO

O "Palácio do Comércio" é sede da Escola de Comércio Álvares Penteado, uma das poucas edificações da chamada "Sezession", uma variante artística do "Art Noveau" na cidade de São Paulo. Karl Wilhelm Ekman ("Carlos" Ekman) é o responsável pela construção, encomendada pelo Conde Álvares Penteado (contemporâneo à Vila Penteado).

A inauguração aconteceu no dia 12 de dezembro de 1908.

O guia BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO, assim descreve o imóvel: 

"Possui interiores originais, dos quais o vestíbulo é o mais atraente, valorizado pela solução arquitetônica dada à escada e pelo barrado de belos azulejos."

[BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984, p.394]

A edificação foi restaurada em 2002 e, segundo Juan Esteves e Antonio Carlos Abdalla, atualmente, a casa integra o patrimônio da Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo - USP.

CENTRO DE SÃO PAULO

BIBLIOGRAFIA


BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos
EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A
SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

Edição usada disponível na
Estante Virtual

 

CAPITAL - SAO PAULO E SEU PATRIMONIO ARQUITETONICO

Juan Esteves
Antonio Carlos Abdalla
Imesp
2013

'A Secretaria de Estado da cultura de São Paulo tem imensa satisfação em apoiar a reedição do livro 'Capital - São Paulo e seu patrimônio arquitetônico, de Juan Esteves. Com curadoria de Antonio Carlos Abdalla, o conjunto de fotografias selecionadas oferece um amplo panorama da diversidade de edifícios de distintas naturezas que marcaram a capital paulista ao longo de sua história, especialmente os últimos 100 anos. Colocado em evidência no magistral registro de Juan Esteves, o patrimônio arqutetônico paulistano pode aqui ser apreciado nos detalhes que acabam por ficar invisíveis em meio à agitação cotidiana da metrópole. Ao dar merecida visibilidade aos edifícios retratados, esta publicação ajuda a sensibilizar para a necessidade de preservação desse patrimônio, uma importantíssima e difícil tarefa, que precisava envolver toda a sociedade.' - Marcelo Mattos Araujo...[+]

 

home      moyarte      não-diário      contato