História do Comércio do Centro de São Paulo: Casa Lemcke

Website de Mônica Yamagawa

CASA LEMCKE OU CASA LEMKE

rua 15 de novembro, 3 a 5 (1911)
rua líbero badaró

história do comércio do centro de
são paulo

atualizado em: 12 de agosto de 2017

 

home > centro de são paulo > CASA LEMCKE OU CASA LEMKE

Anúncio da Casa Lemcke publicado na revista A Cigarra, de 1 de janeiro de 1922 (número 175).

De acordo com Heloisa Barbuy em "A Cidade-Exposição: comércio e cosmopolitismo em São Paulo, 1860 - 1914", por volta de 1911, a Casa Lemke, de Lemcke & Steinberg, estava localizada na Rua 15 de novembro, números 3 a 5. A edificação ficava entre a Casa Lebre (número 1) e a Au Bon Marché (número 7) e era um dos estabelecimentos responsáveis pela comercialização de produtos relacionados à moda feminina.

 

[+] Outros estabelecimentos comerciais que fizeram parte da História do Centro de São Paulo

CENTRO DE SÃO PAULO

BIBLIOGRAFIA


São Paulo naquele tempo: 1895 – 1915

Jorge Americano
Carrenho Editorial / Narrativa Um / Carbono 14
2004

Nesta obra, o autor registra suas lembranças de infância e juventude em crônicas que fazem recordar da São Paulo antiga de quem viveu a atmosfera de um dia qualquer entre os anos de 1895 e 1915. Editado pela primeira vez em 1957, mais do que objeto entre memorialistas, 'São Paulo Naquele Tempo' é uma obra para aqueles que querem conhecer as transformações da capital paulista nos últimos anos do século XIX e primeiras décadas do século XX...[+]

 

A CIDADE-EXPOSIÇAO

Heloisa Barbuy
Edusp
2006

O livro analisa o microterritório formado pelas três principais ruas comerciais na passagem do século XIX para o XX - ruas 15 de Novembro, Direita e de São Bento, que compunham o chamado Triângulo - tendo como eixo as casas de comércio da região. Com isso, o livro proporciona a compreensão do desenvolvimento da cidade refletido, por exemplo, na introdução gradual de uma estética cosmopolita tanto na arquitetura dos edifícios quanto na exibição de produtos ou cartazes publicitários. A união entre texto e ilustrações reconstrói o cenário do triângulo central de São Paulo, levando o leitor a conhecer os pormenores das fachadas e dos interiores das edificações da época numa imersão lenta e intensa nos processos por meio dos quais a cidade se reinventa...[+]

 

home      moyarte      não-diário      contato