Moyarte. Mônica Yamagawa.
Mônica Yamagawa
Home: página inicialMoyarte: perfil no FacebookMoyarte: perfil no InstagramMoyarte: perfil no Twitter
contato@moyarte.com.br

Centro de São Paulo

Armazém Guilherme Kraeuter

história do comércio do centro de são paulo

atualizado em: 19 de outubro de 2021

 

home > história do comércio > Armazém Guilherme Kraeuter

"No Armazem de Guilherme Kraeuter, há para vender, uma porção de vinho e molhados, ultimamente chegados, assim como fazendas Inglezas, por varejo e atacado, á preços muito commodos."

[O FAROL PAULISTANO, n.76, 2 Jan. 1828.]

 

" - Guilherme Kraeuter tem para vender os generos seguintes, ultimamente chegados pelo Bergantim Alexandre - Uma porção de Chá da ìndia, em caixas de 2 arrobas - Papel de pezo 1a. qualidade - Dicto para embrulho - Chapeos Inglezes de lustre fino - Pentes para Snr.a de todas as qualidades - Gazimira de cores - Trastes elegantes de Mahagony tudo de palhinha - Um Piano-forte, fabrica de Londres - Uma porção de louça fina e vidros de todas qualidades - Vinho do Porto da Feitoria - Dicto dicto Catalão - Genebra em Butijas e Frasqueiras - Garrafões empalhadas etc.

Quem quizer comprar dirija-se ao Annunciante, assim como am Sanctos ao Sr. Antonio Ferreira da Silva."

[O FAROL PAULISTANO, n.120, 11 Jun. 1828.]

 

Registros publicados no "O Farol Paulistano" demonstravam que a abertura de seu estabelecimento em São Paulo foi questionado por outros moradores da cidade - abaixo, um trecho da Sessão Ordinária em 4 de Outubro de 1827, do Conselho do Governo da Província de São Paulo:


[O FAROL PAULISTANO, n.58, 27 Out. 1827.]

 

Dias depois, no mesmo "O Farol Paulistano", Guilherme Kraeuter publicou uma resposta para as dúvidas levantadas - o nome Thomaz de Molina mencionado apareceu em vários anúncios do mesmo período:


[O FAROL PAULISTANO, n.63, 14 Nov. 1827.]

 

Críticas ao Sr. Guilherme Kraeuter foram publicadas, anonimamente, com o autor assinando o texto como "Um Defensor da Verdade", :



[O FAROL PAULISTANO, n.64, 17 Nov. 1827.]

 

Os anúncios de produtos, publicados no ano seguinte, 1828 - no início do texto -, fazem crer, que após os problemas com os documentos, o estabelecimento comercial fora aberto. Porém, na sessão de extraordinária de 17 de dezembro de 1830 da Câmara Municipal, o Sr. Kraeuter, solicita:

"(...) a restituição da muleta que lhe foi imposta por não tirar licença para sua loja de fazenda: informe o Fiscal."

[O FAROL PAULISTANO, n.433, 23 Dez. 1830.]

 

[O FAROL PAULISTANO, n.433, 23 Dez. 1830.]

 

E em, 1831, na Sessão Extraordinária de 26 de Janeiro de 1831, da Câmara Municipal:

[O FAROL PAULISTANO, n.449, 10 Fev. 1831.]

 

Em 1833, Guilherme Kraeuter continuava com seu estabelecimento comercial em São Paulo:

[O NOVO FAROL PAULISTANO, n.205, 17 Set. 1833.]

 

Em nenhum dos anúncios localizados durante a pesquisa, foi mencionada a informação do endereço;, provavelmente, o estabelecimento era conhecido da população, não sendo necessário a publicação de sua localização.

 

[+] [Outros Estabelecimentos - História do Comércio do Centro de São Paulo]

 

Como citar essa página em seu artigo acadêmico:

YAMAGAWA, Mônica. Armazém Guilherme Kraeuter - História do Comércio do Centro de São Paulo. Moyarte. Disponível em: <http://www.moyarte.com.br/centro-de-sao-paulo/historia-do-comercio /indice-historia-comercio.html>. Acesso em: 19 Out. 2021.
[Em "Acesso em", indicar a data de consulta, data de acesso ao site].

 

 

referência bibliográficas

O FAROL PAULISTANO, n.58, 27 Out. 1827.
O FAROL PAULISTANO, n.63, 14 Nov. 1827.
O FAROL PAULISTANO, n.64, 17 Nov. 1827.
O FAROL PAULISTANO, n.76, 2 Jan. 1828.
O FAROL PAULISTANO, n.120, 11 Jun. 1828.
O FAROL PAULISTANO, n.433, 23 Dez. 1830.
O FAROL PAULISTANO, n.449, 10 Fev. 1831.

O NOVO FAROL PAULISTANO, n.205, 17 Set. 1833.

 

 

dicionário sobre o centro de são paulo

[clique nas letras para acessar a listagem de verbetes disponíveis]

 

A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

 

 

história do centro de são paulo: cronologia

Informações sobre a história do Centro de São Paulo organizadas por séculos e divididas por décadas para facilitar a pesquisa.

[+] leia mais

história do comércio do centro de são paulo

Informações sobre estabelecimentos comerciais, bancários, educacionais e outros relacionados ao setor terciário, que existiram no Centro de São Paulo, assim como, estabelecimentos históricos que ainda funcionam na região.

[+] leia mais

dicionário online sobre o centro de são paulo

Verbetes sobre o Centro de São Paulo: moradores, estabelecimentos comerciais, edificações, entre outros.

[+] leia mais

história dos logradouros do centro de são paulo

Informações sobre os logradouros localizados no Centro de São Paulo, incluindo os que desapareceram com as alterações urbanas realizadas desde a fundação da cidade.

[+] leia mais

biblioteca online sobre o centro de são paulo

Indicações de livros, artigos, sites, vídeos sobre o Centro de São Paulo.

[+] leia mais

patrimônio cultural do centro de são paulo

Informações sobre bens tombados, legislação, tombamento do Iphan, Condephaat e Conpresp. Notícias sobre os bens tombados. Projetos de requalificação urbana e preservação do patrimônio cultural tombado.

[+] leia mais

home            sobre o moyarte            contato