Moyarte. Mônica Yamagawa.
Mônica Yamagawa
Home: página inicialMoyarte: perfil no FacebookMoyarte: perfil no InstagramMoyarte: perfil no Twitter
contato@moyarte.com.br

Centro de São Paulo

Gabriel Henriques Pessoa

casa de comércio

rua do rozario, 52 (1828 - 1830)

história do comércio do centro de são paulo

atualizado em: 12 de outubro de 2021

 

home > história do comércio > Gabriel Henriques Pessoa

Em setembro de 1827 foram anunciadas duas casas térreas para venda, na Rua da Boa Vista n.31. Elas não pertenciam ao Capitão Gabriel Henriques Pessoa, porém, este foi autorizado pela proprietária a negociar a venda das propriedades. Posteriormente, no mesmo mês, foi publicado no mesmo periódico um anúncio sobre seu estabelecimento:

"Gabriel Henriques Pessoa tem para vender em sua casa de commercio, rua do Rosario uma porção de cadeiras, escavadeiras (?), e alambiques de cobre de differentes tamanhos, tudo proprio para engenhos de assucar; tem igualmente uma porção de copos de vidro de diversos tamanhos alguns aparelhos ricos para chá de loiça Franceza chapeos Francezes finissimos , çapatos de Senhora em duzias, espelhos doirados para salla, e cadeiras Americanas, sendo tudo de bom gôsto. Quem quiser comprar qualquer dos generos declarados dirija se á mesma casa onde encontrará tudo patente, e alli se lhe venderá por preços commodos."

[O FAROL PAULISTANO, n.48, 22 Set. 1827.]

 

No mês seguinte, foram publicados dois anúncios sobre escravos que fugiram da cidade (vila) de Santos e o capitão foi mencionado como representante dos "proprietários", caso estes fossem encontrados na capital [O FAROL PAULISTANO, n.55, 17 Out. 1827].

Em dezembro de 1827 e janeiro de 1828, foram publicados anúncios sobre os produtos disponíveis para venda em seu estabelecimento:

"Livros á venda na Typographia d'esta Cidade, e em casa do Capitão Gabriel Henriques Pessoa.

- Compendio scientifico para a mocidade Brazileira, destinado ao uso das escolas dos dois Sexos, ornado de nove estampas accommodadas ás Artes e Sciencias de que n'elle se tracta, tiradas por Lithographia - preço - 2:200 rs.

- Dialogo Constitucional Braziliense: contêm todas as Leis e disposições Regulamentares da Constituição Politica do Imperio, e das Eleições; os Regimentos do Conselho d'Estado, e um mui bem ornado Mappa de todas as garantias, que a mesma Constituição offerece effectivas aos Cidadãos Brazileiros pela Divisão e Harmonia dos Poderes Políticos, pela Responsabilidade dos Ministros d'Estado, e mais Empregrados Publicos, pela Liberdade da Imprensa, pelo Juizo por Jurados, comprehendendo-senos mesmos as respectivas limitações - preço - 720 rs."

[O FAROL PAULISTANO, n.75, 29 Dez. 1827.]

 

"ANNUNCIO.

Gabriel Henriques Pessoa tem para vender em sua casa de commercio na Rua do Rosario = o seguinte = Espelhos doirados para sala - Aparelhos ricos de louça Franceza para chá e para caffé - Çapatos de plica para Senhoras, em duzias - Chapeos Francezes em caixão - Copos para agua, e para vinho em barricas , ou em duzias - Barricas de bacalhau - Barricas de Cerveja - Barris de Mantega - Tachas e alambiques de cobre - Cadeiras Americanas de assento de palha - Genebra em frasqueiras - e uma grande quantidade de ferro Sueca - D'estes dois ultimos generos também há na VIlla de Sanctos uma porção. - Na dicta casa se acharão patentes todos os referidos generos , e ahi se farão os ajustes de prêço tanto para a venda n'esta Cidade, como n'aquella VIlla."

[O FAROL PAULISTANO, n.83, 26 Jan. 1828.]

 

De acordo com nota publicada em março de 1828, o endereço da casa do Capitão Gabriel Henrique Pessoa era Rua do Rozário, n.52, onde, nesta data estavam disponíveis para venda os bilhetes de loteria em benefício a Santa Casa de Misericórdia [O FAROL PAULISTANO, n.97, 19 Mar. 1828].

Em nota publicada no O Farol Paulistano, em 13 de dezembro de 1828 (número 172), Gabriel Henriques Pessoa foi mencionado como "empregado do Banco de S.Paulo".

Outros anúncios nos quais Gabriel Henriques Pessoa foi mencionado:


[O FAROL PAULISTANO, n.180, 14 Jan. 1829.]

 

Em 21 de fevereiro de 1829, um anúncio publicado no "O Farol Paulistano", mencionava os produtos disponíveis no estabelecimento:

[O FAROL PAULISTANO, n.191, 21 Fev. 1829.]

 

Em 14 de março de 1829, o estabelecimento era indicado como representante na cidade de São Paulo da Companhia Aguiar, Viúva & Filhos (localizada em Santos):


[O FAROL PAULISTANO, n.196, 14 Mar. 1829.]

 

Novas publicações disponíveis, em agosto de 1829:


[O FAROL PAULISTANO, n.240, 22 Ago. 1829.]

 

Em, 1830, era possível encontrar os bilhetes de loteria em benefício à Santa Casa de Misericóridia em seu estabelecimento:

[O FAROL PAULISTANO, n.412, 6 Nov. 1830.]

 

[+] [Outros Estabelecimentos - História do Comércio do Centro de São Paulo]

 

Como citar essa página em seu artigo acadêmico:

YAMAGAWA, Mônica. Gabriel Henriques Pessoa - História do Comércio do Centro de São Paulo. Moyarte. Disponível em: <http://www.moyarte.com.br/centro-de-sao-paulo/historia-do-comercio /indice-historia-comercio.html>. Acesso em: 12 Out. 2021.
[Em "Acesso em", indicar a data de consulta, data de acesso ao site].

 

 

referência bibliográficas

O FAROL PAULISTANO, n.45, 12 Set. 1827.
O FAROL PAULISTANO, n.48, 22 Set. 1827.
O FAROL PAULISTANO, n.55, 17 Out. 1827.
O FAROL PAULISTANO, n.75, 29 Dez. 1827.
O FAROL PAULISTANO, n.83, 26 Jan. 1828.
O FAROL PAULISTANO, n.97, 19 Mar. 1828.

O FAROL PAULISTANO, n.172, 13 Dez. 1828.
O FAROL PAULISTANO, n.180, 14 Jan. 1829.
O FAROL PAULISTANO, n.191, 21 Fev. 1829.
O FAROL PAULISTANO, n.196, 14 Mar. 1829.
O FAROL PAULISTANO, n.240, 22 Ago. 1829.
O FAROL PAULISTANO, n.412, 6 Nov. 1830.

 

 

dicionário sobre o centro de são paulo

[clique nas letras para acessar a listagem de verbetes disponíveis]

 

A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

 

 

história do centro de são paulo: cronologia

Informações sobre a história do Centro de São Paulo organizadas por séculos e divididas por décadas para facilitar a pesquisa.

[+] leia mais

história do comércio do centro de são paulo

Informações sobre estabelecimentos comerciais, bancários, educacionais e outros relacionados ao setor terciário, que existiram no Centro de São Paulo, assim como, estabelecimentos históricos que ainda funcionam na região.

[+] leia mais

dicionário online sobre o centro de são paulo

Verbetes sobre o Centro de São Paulo: moradores, estabelecimentos comerciais, edificações, entre outros.

[+] leia mais

história dos logradouros do centro de são paulo

Informações sobre os logradouros localizados no Centro de São Paulo, incluindo os que desapareceram com as alterações urbanas realizadas desde a fundação da cidade.

[+] leia mais

biblioteca online sobre o centro de são paulo

Indicações de livros, artigos, sites, vídeos sobre o Centro de São Paulo.

[+] leia mais

patrimônio cultural do centro de são paulo

Informações sobre bens tombados, legislação, tombamento do Iphan, Condephaat e Conpresp. Notícias sobre os bens tombados. Projetos de requalificação urbana e preservação do patrimônio cultural tombado.

[+] leia mais

home            sobre o moyarte            contato