Website de Mônica Yamagawa

HISTÓRIA DO

CENTRO DE SÃO PAULO

século XX: 1941 - 1950

atualizado em: 28 de agosto de 2017

 

home > centro de são paulo > 1941 - 1950

1940século XX: 1941 - 19501951

 

1941:

 

1943:

 

1944:

 

1945:

 

1946:

 

1947:

 

1948:

 

1949:

 

1950:

 

1940 << século XX: 1941 - 1950 >> 1951

CENTRO DE SÃO PAULO







SÉCULO XXI

2001 - 2010

2011 - 2020

 

BIBLIOGRAFIA


Desenhando São Paulo: mapas e literatura, 1877-1954

Maria Lúcia Perrone de Faro Passos, Teresa Emídio
Senac / Imesp
2009

Por vezes a história descansa nas entranhas dos arquivos, públicos ou cativos, e é preciso passos leves, lentos, para que ela se desperte sem perder os sentidos, e não se atrapalhe com as datas e eventos de que está prenhe. É disso que trata essa obra - de mapas que guardam a história que se desdobra lentamente pelas páginas deste livro. E não é qualquer história, mas aquela em que muitos têm vivido, como personagens, diretores, contra- regras, executores, enfim uma massa de construtores de um destino comum, feito a muitas mãos e múltiplas nacionalidades...[+]

 


Fazer roupa virou moda: um figurino de ocupação da mulher, São Paulo 1920-1950

Wanda Maleronka
Senac
2007
 

Uma viagem no tempo e na literatura traz de volta os costumes, a estética e os valores de décadas passadas a partir de uma aprimorada pesquisa que tem como 'pano de fundo' a indústria da costura em São Paulo. A ligação das mulheres aos apelos da moda e as revoluções que presenciavam e criavam fazem parte deste livro, que leva a preciosas informações no campo da moda e a reflexões sobre o comportamento e o desenvolvimento humano ao longo dos tempos. Com fotos de época e linguagem clara, as histórias retratadas completam o envolvimento do leitor com esse mundo em formação que originou o crescente pólo de moda da região, uma das grandes referências em todo o país... [+]

 


Disponível para pré-visualização parcial no Google Books

 

Arquitetura Metropolitana

Denise Xavier
Annablume
2007

O conteúdo se desenvolve pela análise de quatro edifícios ícones para a cidade de São Paulo, frutos de um período em que as utopias ainda pareciam possíveis - os anos 50. Denise Xavier apresenta ainda um posfácio onde, junto com o arquiteto e urbanista Kazuo Nakano, faz uma reflexão sobre a vivência hoje em dois diferentes modelos arquitetônicos...[+] 

Edição usada disponível na
Estante Virtual

 

home      moyarte      não-diário      contato