Moyarte: home
HOME: ir para página inicial  Moyarte no INSTAGRAM  Moyarte no TWITTER  Moyarte no FACEBOOK
contato@moyarte.com.br

Centro de São Paulo

HOME > DICIONÁRIO DO CENTRO DE SÃO PAULO > verbetes letra T

VERBETES: LETRA T

dicionário do centro de são paulo

 

letra Sletra Tletra U

 

TANAJURA:

Tipo de formiga que era usada na alimentação no século XVI (provavelmente, até antes, pelos indígenas) e mencionada nas memórias de pessoas, com alimento na década de 1950. Também conhecida como Içá.

 

TANQUE DO ZUNEGA:

Informações publicadas no Correio Paulistano (em 2 de janeiro de 1856), relacionadas a 51a. Sessão Ordinária aos 12 de dezembrod e 1855, da Cãmara Municipal. Clique aqui, para acessar a informação.

 

TAQUES, LOURENÇO CASTANHO (CAPITÃO):

Mencionado no cumprimento dos desejos registrados no testamento de Pedro Dias Leite, sendo o responsável pelo pagamento da esmola deixada para Nossa Senhora da Luz:

"Pedro Dias Leite prometia 'à Nossa Senhora do Guaré um manto de tafetá'. (...) 'Certifico eu Luiz de Andrade escrivão dos órfãos desta villa de São Paulo e seu termo e dello dou minha fé em como o capitão Lourenço Castanho Taques pagou ao ermitão de Nossa Senhora da Luz Antonio João três mil réis que o defunto Pedro Dias deixou de esmola e por passar na verdade e a pedimento do dito ermitão lhe passei a presente aos oito do mez de agosto de seiscentos e cincoenta e nove annos.' "

[ARROYO, Leonardo. Igrejas de São Paulo: introdução ao estudo dos templos mais característicos de São Paulo nas suas relações com a crônica da cidade. Rio de Janeiro: José Olympio, 1954, p.29.]

 

TEATRO DA ÓPERA:

Situado no Pátio do Colégio. Em 1822, fooi o local escolhido para a celebração da Independência.

 

TEATRO DO PALÁCIO:

Inaugurado por volta de 1811, instalado dentro do Palácio dos Governadores (Pátio do Colégio).

 

TEATRO E CAFÉ CONCERTO POLYTHEAMA NACIONAL:

Inaugurado em 21 de fevereiro de 1892, na Ladeira de São João.

 

TEIXEIRA, ANTONIO:

É mencionado como sendo genro de Domingos Luiz, responsável pela Igreja de Nossa Senhora da Luz:

"Eu Domingos Luiz recebí um cruzado que meu genro Antonio Teixeira deixou de esmola em seu testamento à ermida de Nossa Senhora da Luz como mordomo que sou da dita ermida e roguei ao padre Gaspar Sanches que esta fizesse por mim hoje quinze de novembro de 605" (provavelmente ano de 1605).

[ARROYO, Leonardo. Igrejas de São Paulo: introdução ao estudo dos templos mais característicos de São Paulo nas suas relações com a crônica da cidade. Rio de Janeiro: José Olympio, 1954, p.28.]

 

THEATRO MUNCIPAL:

Site oficial do Theatro Municipal.

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio").

Clipping:

Bibliografia:

PERRONE, Carlos. São Paulo por dentro: um guia panorâmico de arquitetura. São Paulo: Senac São Paulo, 2000.

 

THEODORO REICHERT:

Imigrante alemão, médico, além de atender a comunidade alemã, também atendia pacientes brasileiros. Além da medicina, chegou a ter sua própria casa bancária, começando suas atividades financeiras com pequenos empréstimos.

 

THIEBAUT, ALBERT:

Guarda-livros da Casa Garraux que, entre 1882 -1884, promoveu a primeira quermesse abolicionista em São Paulo no Jardim da Luz, na época conhecido como Jardim Botânico/Jardim Público.

Bibliografia:

RESENDE, Maurício Rodrigues de. O jardim da luz e os desdobramentos da urbanização paulistana. Revista PIBIC, Osasco, v. 5, n. 6, 2011, p. 99-110.

 

THOMAZ DE MOLINA

 

THORMAN, CANUTO:

Diretor do Lyceu Paulistano, em 1878.

 

TIBIRIÇA:

Chefe de tribo indígena que auxiliou os jesuítas na proteção do povoado, em 1562, quando esse foi atacado por outras tribos. Faleceu em 25 de dezembro de 1562, seu corpo foi sepultado no Colégio São Paulo (dos jesuítas) e hoje, encontra-se na cripta da Catedral da Sé.

 

TIPOGRAFIA DO ESTADO DE SÃO PAULO:

Criada em 1891, posteriormente, dará origem à IMESP - Imprensa Oficial do Estado de São Paulo.

 

TOLEDO, FRANCISCO DE PAULA:

Professor de Latim e Retórica, em 1856, no Lycêo Paulistano.

 

TOLEDO, JOAQUIM FLORIANO DE:

Tenente-coronel / 6o. vice-presidente da Província / empregado provincial aposentado (secretario do governo) em 1856, e morador da Ladeira do Piques.

 

TOLLEDO, MANOEL DIAS DE:

Estudante matriculado no primeiro ano (em 1828) no Curso Jurídico de São Paulo.

 

TÚMULO DE JÚLIO FRANK:

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio").

 

TYPOGRAPHIA ALLEMÃ:

Localizada, em 1865, na Rua Direita, n.15 pertencia a H. Schoroeder, no local era impresso o periódico "O Diário de S.Paulo".

 

letra Sletra Tletra U

 

home      moyarte      não-diário      contato