Texto e Fotografias de Mônica Yamagawa


centro de são paulo


história da arte


mundo digital


patrimônio cultural

VERBETES

PADARIA ANNO BOM

PADRE ANTONIO DA SILVA PEREIRA

PADRE DIOGO ANTONIO FEIJÓ

PALACETE ALEPPO

PALACETE B.CARRERA

PALACETE CONDE DE SARZEDAS/MUSEU DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PALACETE CRESPI

PALACETE LELLIS

PALACETE PARAÍSO

PALACETE RIACHUELO

PALACETE SÃO JORGE

PALACETE TEIXEIRA DE CARVALHO

PALACETE TERESA TOLEDO LARA

PALÁCIO DA JUSTIÇA

PALÁCIO DAS INDÚSTRIAS / MUSEU CATAVENTO

PALÁCIO DOS CAMPOS ELÍSEOS

PÂNDEGA

PARÓQUIA DE SÃO PAULO

PARQUE DOM PEDRO

PÁTIO DE SÃO GONÇALO

PÁTIO DO COLÉGIO

PAULO ASSUNÇÃO

PAUL ROUCH

PENSIONATO ARTÍSTICO

PEREIRA, DOM MATEUS DE ABREU

PERO CORREIA

PINACOTECA DO ESTADO

PIRÂMIDE DOS PIQUES

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

POLYTHEAMA NACIONAL, TEATRO E CAFÉ CONCERTO

PONTO CHIC

PORTAL DE PEDRA DO ANTIGO PRESÍDIO TIRADENTES

PRAÇA DA REPÚBLICA

PRAÇA DA SÉ

PRAÇA DAS ARTES

PRAÇA DO PATRIARCA

PRAÇA JOÃO MENDES

PRAÇA RAMOS DE AZEVEDO

PROGREDIOR

 

CENTRO DE SÃO PAULO

DICIONÁRIO DO CENTRO DE

SÃO PAULO

letra P

atualizado em: 15 de dezembro de 2016

 

home > centro de são paulo > DICIONÁRIO DO CENTRO DE SÃO PAULO: LETRA P

letra O < letra P > letra Q

 

PADARIA ANNO BOM:

No dia 2 de janeiro de 1856, no Correio Paulistano, José Marques da Cruz anunciou a abertura de seu novo estabelecimento: Padaria Anno Bom, na Rua do Rosário, esquina com Rua da Boa Vista. Clique aqui, para ver o anúncio.

 

PADRE ANTONIO DA SILVA PEREIRA:

1 de novembro: publicado no periódico Revista Commercial (de Santos), no dia 1 de novembro de 1850, número 8, anno II, Página 4, informação sobre o roubo de valores destinados ao Padre Antonio da Silva Pereira:

"Annuncios.
Pelo Correio de Iguape ao de São Paulo foi dirigida uma carta segura, na mala de 29 de setembro p.p. ao Padre Antonio da Silva Pereira com duas notas de cincoenta mil reis, uma da 1a. serie, nr. 10,783, e a outra da 2a serie, nr. 26,297, ambas com o nome do mesmo Padre escripto no verso. Esta carta so lhe foi entregue em São Paulo em 18 do mez de outubro sem o dinheiro, que foi roubado de dentro. Roga-se portanto a quem foi apresentada alguma das notas, de dirigir-se a autoridade do paiz, afim de se tornarem as providencias necessarias, ficando no entanto o publico sciente de tão escandaloso facto, que esta provado, por quanto tomarão-se testemunhas tanto no lançar a carta e dinheiro na agencia de Iguape, como no abri-la em São Paulo, perante empregados de ambas."

 

PADRE DIOGO ANTONIO FEIJÓ:

Presidente da Sociedade Filantrópica, criada em 1830, para promover um tratamento digno aos presos.

 

PALACETE ALEPPO:

Localizado na Rua Carlos de Souza Nazaré, 321 a 329.

Bibliografia:

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos. EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A. SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

PALACETE B.CARRERA:

Localização: Praça Júlio Mesquita, 84 a 96.

Bibliografia:

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos. EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A. SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

PALACETE CONDE DE SARZEDAS / MUSEU DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA:

Luiz de Lorena Rodrigues Ferreira mandou construir o palacete, provavelmente, na última década do século XIX. Luiz de Lorena Rodrigues Ferreira era filho de Dona Leonor Andromeda de Almeida Lorena, ambos descendentes de Dona Anna Maria de Almeida Lorena, proprietária da Chácara Tabatinguera que abrangia não somente o terreno onde está o palacete, como também a Capela de Santa Luzia. Dona ...[+]

 

PALACETE CRESPI:

Localizado na Rua São Bento, o Edifício York era conhecido como Palacete Crespi. Foi projetado na década de 1920, por Siciliano & Silva Engenheiros, para a Família de Rodolfo Crespi, imigrante italiano, dono de uma das maiores indústrias da época.

Um dos destaques dessa edificação são os Atlantis na fachada, figuras gregas símbolos de força.

No passado, o local foi residência de Henrique Schaumann, proprietario da Botica Ao Veado D'ouro (no local também funcionou o estabelecimento)...[saiba mais]

 

PALACETE LELLIS:

Localizado entre as Ruas Aurora, 244 a 254 e Santa Ifigênia, 339 a 355.

Bibliografia:

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos. EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A. SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

PALACETE PARAÍSO:

Localizado na Rua Carlos de Souza Nazaré, 287 a 317.

Bibliografia:

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos. EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A. SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

PALACETE RIACHUELO:

Localizado entre as Ruas Dr. Falcão, 151 a 171 e Rua José Bonifácio, 386 a 398.

Bibliografia:

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos. EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A. SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

PALACETE SÃO JORGE:

Localizado na Rua Carlos de Souza Nazaré, 256 a 320.

Bibliografia:

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos. EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A. SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

PALACETE TEIXEIRA DE CARVALHO:

Localizado na Rua Florêncio de Abreu, 111.

Bibliografia:

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos. EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A. SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

PALACETE TERESA TOLEDO LARA:

Clipping: VICTOR, Fábio, SEVERINO, Thea. "Palacete histórico no centro de SP abrigará nova Casa de Francisca". Folha de S.Paulo: Ilustrada, 14 Ago. 2015.

 

PALÁCIO DA JUSTIÇA:

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio").

 

PALÁCIO DAS INDÚSTRIAS / MUSEU CATAVENTO:

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio").

 

PALÁCIO DOS CAMPOS ELÍSEOS:

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio").

Clipping: O Luxo Da Fortuna Cafeeira – O Palácio dos Campos Elíseos (texto de Abrahão de Oliveira para o www.spinfoco.com.br).

Bibliografia:

BENS CULTURAIS ARQUITETÔNICOS NO MUNICÍPIO E NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos, EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A e SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, 1984.

São Paulo: SNM – Secretaria de Estado dos Negócios Metropolitanos. EMPLASA – Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo S/A. SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento
1984

 

PÂNDEGA:

"Livraria" de José Fernandes de Sousa (imigrante português). Segundo conta a memória popular, quando alguém roubava uma galinha de seu quintal, o "livreiro" descontava o prejuízo no preço na venda do primeiro livro após o ocorrido.

Clipping: COELHO, Marcelo. Chá, rapé, livros e outros artigos sem rivais. Folha de São Paulo: +Mais!, 11 Abr. 2004.

 

PARÓQUIA DE SÃO PAULO:

Criada em 1588, seu primeiro vigário, Lourenço Dias Machado, assumiu seu posto, somente em 1591.

 

PARQUE DOM PEDRO:

No passado a área hoje conhecida como Parque Dom Pedro II, era conhecida como Várzea do Carmo.

Artigos sobre o Parque Dom Pedro:

O Parque Dom Pedro II e a Operação Urbana Centro. Nossa preocupação com a possível intervenção. Oriode Rossi. Vitruvius. 2010

Assistimos com preocupação a forma adotada para possível intervenção no setor Norte/Oeste do Parque Dom Pedro II, ponto central da cidade de São Paulo, decadente e há décadas abandonado. O Parque, local histórico, fiel testemunha da criação da cidade, e também de toda a evolução e posterior degradação que a cidade viveu e ainda vive. Herdeiro das lembranças do antigo porto na confluência com a Ladeira Porto Geral, ponto de atracação que recebia mercadorias transportadas por barcos nessa via fluvial marcada pelo trajeto original sinuoso do Rio Tamanduateí posteriormente retificado e hoje, lamentavelmente transformado em margens inertes de mais um mero condutor de esgotos a céu aberto... [+]

 

PÁTIO DE SÃO GONÇALO:

Espaço atualmente conhecido como Praça João Mendes.

 

PÁTIO DO COLÉGIO:

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Decreto no . 26.818, de 9 de setembro de 1988 (Dispõe sobre o tombamento de imóveis localizados no Pátio do Colégio, e dá outras providências).

Galeria/Verbetes: Pátio do Colégio.

 

PAULO ASSUNÇÃO:

Sócio da Assunção e Cia, proprietário na década de 1910, do Teatro São José. Foi ele quem vendeu a propriedade para a The São Paulo Tramway Light and Power, para a construção da nova sede (Edifício Alexandre Mackenzie).

 

PAUL ROUCH:

Um dos responsáveis pela execução da construção do Desinfectório Central (terreno adquirido em 1882, inauguração da instituição em 1893).

 

PENSIONATO ARTÍSTICO:

Criado em 1892.

 

PEREIRA, DOM MATEUS DE ABREU:

Quinto Bispo de São Paulo, nomeado em 1794, fez sua entrada solene em 31 de maio de 1797.

 

PERO CORREIA:

Um dos religiosos que acompanhavam o grupo de Manuel da Nóbrega e José de Anchieta e que,assim como João de Sousa, foi morto pelos índios durante o retorno de uma das expedições à boca do sertão.

 

PINACOTECA DO ESTADO:

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio") .

Blibliografia:

PALHARES, Thais Helena P. (organizadora). Arte brasileira na Pinacoteca do Estado de São Paulo. São Paulo: IMESP, 2010.

Em 'Arte Brasileira na Pinacoteca do Estado de São Paulo' alguns críticos e historiadores nacionais fazem uma análise sobre as obras do acervo da Pinacoteca. Em 240 páginas ilustradas, o livro traz também um resumo das leituras monográficas apresentadas por especialistas em um ciclo de 16 conferências realizadas em 2003 e um registro histórico da arte brasileira e da Pinacoteca, desde a sua fundação. O livro inclui análises de mestres como Carlos Lemos, José Roberto Teixeira Leite, Luciano Migliaccio, Aracy Amaral e Tadeu Chiarelli, que analisam obras e artistas da arte brasileira - Almeida Junior, Pedro Américo, Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Lasar Segall, Cândido Portinari, Anita Malfatti e Victor Brecheret...[+]

ARAUJO, Marcelo, CAMARGOS, Márcia. Pinacoteca do Estado: a história de um museu. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 2007.

Esta obra visa comemorar centenário da Pinacoteca do Estado e oferecer uma visão histórica do museu de arte de São Paulo. O livro traz imagens do espaço e das obras do museu...[+]

 

PIRÂMIDE DOS PIQUES:

Erguido em 1814 - considerado o primeiro momento da cidade e também conhecido como Obelisco dos Piques -, localizado no atual Largo da Memória. Projetado por Daniel Müller.

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio").

 

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO:

Criada em 1831, a Guarda Municipal Permanente, em 1837 passa a ser Corpo Policial Permanente e em 1947, torna-se Força Pública. Em 1970, passa a ser a Polícia Militar do Estado de São Paulo.

 

POLYTHEAMA NACIONAL, TEATRO E CAFÉ CONCERTO:

Inaugurado em 21 de fevereiro de 1892, na Ladeira de São João.

 

PONTO CHIC:

Clipping: FARABOTTI, Cyntia. Negócios sobrevivem ao tempo. Folha de São Paulo: Tudo, 18 Fev. 2001.

 

PORTAL DE PEDRA DO ANTIGO PRESÍDIO TIRADENTES:

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 05/91(tombamento "ex-officio").

 

PRAÇA DA REPÚBLICA:

Informações sobre o tombamento municipal: CONPRESP - Resolução no . 06/91.

 

PRAÇA DA SÉ:

Artigos sobre a Praça da Sé:

Metrópole e as múltiplas dimensões do Espaço Público Praça da Sé, São Paulo, Brasil

Alexandre Emílio Lipai
Vitruvius
2006

O espaço público, qualquer que seja a sua escala assume, nas grandes Metrópoles, características de espaços de passagem para a maioria dos habitantes e raramente espaços de convivência e lazer. Entretanto, uma visão mais atenta poderá perceber que a diversidade dos usos de determinados espaços tornam-se peculiares, com características próprias adquiridas por uma forma de posse, não física mas cultural. Esta pertinência cultural é por vezes imperceptível em alguns grupos da sociedade sendo extremamente visível em outros grupos... [+]

 

PRAÇA DAS ARTES:

Artigo: "Praça das Artes. Complexo arquitetônico brasileiro começa a ser reconhecido no exterior", texto de Abilio Guerra. Website Vitruvius, 2013.

 

PRAÇA DO PATRIARCA:

Praça do Patriarca - 1939
FONTE DA IMAGEM: Pinterest
(clique na imagem para acessar a fonte)

Escultura: José Bonifácio, escultura de Alfredo Ceschiatti.

 

PRAÇA JOÃO MENDES:

Em 8 de junho de 1891, em um prédio na Praça João Mendes, foi instalado o Congresso Estadual Constituinte.

 

PRAÇA RAMOS DE AZEVEDO:

Veja fotografias e mais informações sobre essa obra:

 

PROGREDIOR:

Segundo Heloisa Barbuy, em "A Cidade-Exposição: comércio e cosmopolitismo em São Paulo, 1860-1914", a casa foi inaugurada por volta de 1893; Vicente de Paula Araújo em " Salões, circos e cinemas de São Paulo", mencionou que o Progredior (descrito como "nova sala de concertos") estava localizado no antigo endereço do Salão Paulicéa, que em 1897, recebeu o Vitascope de Edison. Caso o "restaurante" Progredior, como discorre Barbuy, já estava localizado nesse terreno da Rua Quinze de Novembro, em sua inauguração, em 1893, talvez, a "sala de concertos" e o "restaurante" sejam dois estabelecimentos distintos (uma vez que o Salão Paulicéa funcionava nesse local em 1897), ambos na Rua Quinze de Novembro. Outra possibilidade é que o Progredior tenha funcionado em outro endereço, talvez, na própria Rua Quinze de Novembro e então, a partir de 1897 tenha ocupado o antigo endereço do Salão Paulicéa, e, posteriormente, um novo prédio foi construído (ou o antigo reformado) para abrigar o restaurante que aparece na fotografia de c. 1913...[continue lendo]

 

letra O < letra P > letra Q

 

home      moyarte      não-diário      contato