Website de Mônica Yamagawa

LADEIRA DE SANTO ANTÔNIO

história do logradouro
estabelecimentos comerciais e moradores

atualizado em: 29 de setembro de 2017

 

home > centro de são paulo > logradouros > LADEIRA DE SANTO ANTÔNIO

A Antiga Ladeira de Santo Antônio é conhecida atualmente como Rua Doutor Falcão Filho. Em 28 de novembro de 1865, com base na proposta do vereador Malaquias Rogério de Salles, o nome da rua foi oficializado como Ladeira de Santo Antonio. Em 16 de Agosto de 1877, foi apresentada na Câmara Municipal um requerimento assinado por vários membros da sociedade solicitando que fosse dado à rua onde residia "o Dr. Falcão Filho, o nome deste illustre paulista", requerimento este que foi aprovado por unanimidade.

 

1856

Casa de Domingos Henrique da Silva: residência/estabelecimento no número 8.

 

 

 

CENTRO DE SÃO PAULO

A dinâmica dos nomes na cidade de São Paulo - 1554 - 1897

Maria Vicentina de Paula do Amaral Dick
Annablume
1996

Este livro traz a história da cidade de São Paulo vista pelos nomes de seus logradouros. Amparada por uma vasta pesquisa que resultou na sua tese de livre-docência, a autora mostra como se efetuou a denominação dos acidentes naturais e culturais de São Paulo dos Quinhentos aos Oitocentos, proporcionando contribuições importantes e originais também a pesquisadores de áreas como História e Ciências Sociais...[+]

 


Ô Da Rua - o Transeunte e o Advento da Modernidade Em São Paulo

Fraya Frehse
Edusp
2011

A autora, com base em fotografias, relatos memorialísticos e de viagem; diários e cartas; crônicas e notícias de jornal, fez da rua do centro histórico de São Paulo um posto de observação privilegiado para investigar o urbano que emerge na cidade entre o início do século XIX e do XX...[+]

 


História da cidade de São Paulo: através de suas ruas

Antonio Rodrigues Porto
Carthago
2006

Transportar-se ao passado percorrendo as ruas de São Paulo é muito mais que estudar a história desta cidade. É mergulhar numa ciranda de mais de quatro séculos de tradição e viver a emoção de um tempo que já se foi. Neste livro, como num passo de mágica, o leitor pode viajar pela história da cidade com riqueza de detalhes e informações...[+]

Edição usada disponível nos sebos da
Estante Virtual

 

home      moyarte      não-diário      contato