Website de Mônica Yamagawa

home      moyarte      não-diário      contato

RUA DA IMPERATRIZ

história do logradouro
estabelecimentos comerciais e moradores

atualizado em: 13 de janeiro de 2019

 

home > centro de são paulo > logradouros > RUA DA IMPERATRIZ

 

1854

Número 15: vende-se partitura para piano e canto do hino dedicado a D.Miguel de Bragança e sua esposa.

 


1856

Rua da Imperatriz, residência de:

Carlos Luiz Godinho: porteiro da biblioteca da Faculdade de Direito; residente na Rua da Imperatriz.

Joaquim José Gomes: 2o. tabelião e escrivão; residente na Rua da Imperatriz.

Joaquim José Moreira: contador e distribuidor da Comarca da Capital (Judiciário); residente na Rua da Imperatriz.

Joaquim Manoel Gonçalves de Andrade: deputado da Assembléia Provincial; residente na Rua da Imperatriz.

Rua Imperatriz, n.19: (antiga Rua do Rosário) Residência do Dr. Theodoro Reichert.

Rua da Imperatriz, n.44: escritório de Joaquim Ignacio Ramalho, lente da 1a. cadeira do 5o. ano da Faculdade de Direito de S.Paulo (anúncio sobre a venda de publicações - "Elementos de Processo Criminal", um volume por 5$000 rs. -.

 


1857

Rua Imperatriz, n.19: (antiga Rua do Rosário) Residência do Dr. Theodoro Reichert.

 


1865

Rua da Imperatriz, n.20: Depósito de calçados de Siré Irmãos (a partir de setembro).

 


1866

Número 11: Relojoaria de Luiz Bamberg.

 


1867

Rua da Imperatriz, n.23: Depósito de calçados de Siré Irmãos (a partir de setembro).

 


1868

Rua da Imperatriz, n.7: Relojoaria de Luiz Bamberg (mudou-se do 21 para o 7).

Rua da Imperatriz, n.11: Relojoaria de Luiz Bamberg.

Rua da Imperatriz, n.21: Relojoaria de Luiz Bamberg (mudou-se do 11 para o 21).

Rua da Imperatriz, n.23: Depósito de calçados de Siré Irmãos (a partir de setembro).


1869

Rua da Imperatriz, n.7: Relojoaria de Luiz Bamberg

 


1870

Rua da Imperatriz, n.7: Relojoaria de Luiz Bamberg

 


1873

Rua da Imperatriz, n.7: Relojoaria de Luiz Bamberg

 


1874

Rua da Imperatriz, n.7: Relojoaria de Luiz Bamberg

 


1875

Livraria de Ricardo Matthes: estabelecimento localizado na Rua da Imperatriz, 43.

 


1876

Livraria de Ricardo Matthes: estabelecimento localizado na Rua da Imperatriz, 43.

 


1877

Livraria de Ricardo Matthes: estabelecimento localizado na Rua da Imperatriz, 43.

 


1878

Livraria de Ricardo Matthes: estabelecimento localizado na Rua da Imperatriz, 43.

 


1879

Livraria de Ricardo Matthes: endereço mudou do número 43 para o número 60 (outra hipótese é a reordenação da numeração da rua, ou seja, o estabelecimento não mudou de endereço físico)

 


1882

Número 9: Botina Elegante.

 

 

[+] saiba mais sobre outros logradouros

 

CENTRO DE SÃO PAULO

AVENIDA TIRADENTES



LARGO DO AROUCHE













HISTÓRIA DO COMÉRCIO DO CENTRO DE SÃO PAULO

[projeto em desenvolvimento]


A

A Cidade de Londres
A. J. Mauricio Pereira
Alfaiataria de Pedro Bourgad
Armarinho da Rua das Casinhas
Armazém de Guilherme Kraeuter
Armazém de José Antonio Martins
Armazém Rua São Bento n.93

 

B

Banco do Brasil
Bernardo Martins Meira
Botequim Paulistano
Botica de Joaquim Pires Garcia
Boticário João Antonio Rosa

 

C

Candido Ribeiro dos Santos, cirurgião - clinica homeopática
Casa da Rua do Rozário, 13 - livros (1828)
Casa de Antonio Bernardo Quartim

Casa de Comércio de Gabriel Henriques Pessoa
Casa de Joaquim José Correa, 1828
Casa de José Marques da Cruz (secos e molhados)
Casa de Henrique Fox
Casa de Luiz Paião
Casa Faria
Casa Fretin

Casa Lemcke
Casa Levy de Pianos
Coelho & Teixeira (loja de fazendas)
Collegio de Lindorf Ernesto Ferreira França
Curso Elementar de Bellas Letras

 

D

Dentista francês: A. Masseran
Depósito de Calçados da Fábrica de Siré Irmãos
Diligencia Progresso Paulista
Domingos Antonio Gomes - leilão
Dr. Theodoro Reichert

 

E

Estabelecimento da Rua Direita, 1828
Estabalecimento da Rua do Rozario, 22 (1828)
Estabelecimento da Rua do Rozario, 58 (1856)
Estabelecimento da Rua dos Piques
Estabelecimento de Henrique Luiz

 

F

Fábrica de Canastras e Tamancos
Fazendas (Tecidos) de Domingos Henrique da Silva

Ferraria Coelho & Marques
Frederico Fontame: carros para alugar
Fresneau Alfaiate

 

H

Hotel da Boa Vista / Hotel do Hilário
Hotel da Providencia
Hotel Palm

 

J

João Rost, cirurgião dentista
Jules Martin / Imperial Litografia

 

L

Livraria da Rua Direita
Livraria do Largo do Collegio
Livraria Ricardo Matthes
Loja da Raposa
Loja de Domingos de Paiva Azevedo
Loja de Ourives de Luiz Suplicy

 

M

Manoel José Bastos, artista daguerreotypo
Médico homeopata Carlos Marquios
Mestra de Primeiras Lettras, 1828
M.Izidoro, Mestre de Francês, 1828

 

P

Padaria Anno Bom
Progredior

 

R

Relojoaria de Luiz Bamberg

 

S

Salão da Paulicéa
Salla de Esgrima
Sinhana dos Bolinhos

 

T

The Berlitz School of Languages
Tintureiro N.J.V. Ferard
Typographia na Rua de São José, 33

 

V

Vendedeiras de Peixe

 




A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

 





Ô Da Rua - o Transeunte e o Advento da Modernidade Em São Paulo

Fraya Frehse
Edusp
2011

A autora, com base em fotografias, relatos memorialísticos e de viagem; diários e cartas; crônicas e notícias de jornal, fez da rua do centro histórico de São Paulo um posto de observação privilegiado...[+]

 


A dinâmica dos nomes na cidade de São Paulo - 1554 - 1897

Maria Vicentina de Paula do Amaral Dick
Annablume
1996

Este livro traz a história da cidade de São Paulo vista pelos nomes de seus logradouros. Amparada por uma vasta pesquisa que resultou na sua tese de livre-docência, a autora mostra como...[+]

 



A vida urbana paulistana vista pela administração municipal - 1562-1822

Maria da Conceição Martins Ribeiro
Minha Editora
2011

Veja o SUMÁRIO desse livro.

Esta obra oferece uma incursão na vida urbana paulistana de 1562 a 1822 sob o ponto de vista administrativo, apontando caminhos para uma percepção do funcionamento cotidiano da colônia...[+]

 


Igrejas de São Paulo: introdução ao estudo dos templos mais característicos de São Paulo nas suas relações com a crônica da cidade

Leonardo Arroyo
José Olympio
1954

Em Memória e tempo das igrejas de São Paulo, os desenhos de Diana Dorothèa Danon captam todo o valor artístico desses espaços sagrados. Com extrema sensibilidade, a autora registra construções que datam do século XVI ao XX. São dezenas de construções contempladas em mais de 50 desenhos de importante valor documental e artístico. Já os textos de Leonardo Arroyo são uma verdadeira viagem pela história dessas igrejas e relatam fatos pitorescos ligados aos costumes da época...[+]

 



IMAGENS DO BRASIL

Carl Von Koseritz
Itatiaia
1980

O alemão Koseritz chegou ao Brasil com apenas 21 anos, e permaneceu no Sul do país por 32 anos, transformando-se na principal personalidade da colônia alemã e num jornalista e político que desfrutava grande prestígio, mesmo fora dos círculos alemães. Imagens do Brasil é um livro indispensável para o conhecimento do estado social e político da época do declínio do Império. Admirável repositório de informações cheias de vivacidade e sinceras, com observações de grande valor, esta obra, com toda a certeza, muito contribuirá para maior percepção de nossas coisas e nossa gente...[+]

 


Sao Paulo de Outrora

Paulo Cursino de Moura
Itatiaia
1980

O leitor quer conhecer a história do famoso Triângulo Paulista, o velho triângulo formado pelas Ruas 15 de Novembro, Direita e São Bento? Ou prefere saber como se conferiu a uma de suas ruas, a uma rua torta, a designação de Direita? A isso tudo responde o autor. Cada rua se individualiza por sua particular feição, seus acontecimentos, risonhos, tristes, dramáticos, seus usos e costumes, suas figuras de projeção histórica. Eis alguns dos temas que constituem o objeto desta viagem pelo São Paulo de outrora; uma parte apenas, diminuta, meramente exemplificativa, do itinerário longo e sempre curioso e diverso que o leitor seguirá, guiado pela mão segura do excelente conhecedor das tradições paulistas, que é Paulo Cursino de Moura...[+]

 


VIAGEM A PROVINCIA DE SAO PAULO

Auguste de Saint-Hilaire
Itatiaia
1976

Saint-Hilaire, com sua sólida formação científico humanística, viu o que muitos não viram, e retificou o que muitos deturparam. Por isso sua obra é de capital importância. Nada lhe escapa; a comida, os amuletos, o sincretismo religioso, a vocação histórica de tipos variados como o do mineiro, o do paulista, o do gaúcho, a diferença entre o homem do litoral e o do sertão. Foram anos agitados os que aqui permaneceu Saint-Hilaire; a elevação da colônia a Reino Unido, o regresso de D. João VI, a regência de Dom Pedro, a independência. Nesta obra vamos rever São Paulo e conhecer-lhe, em detalhes, a História, a formação étnica, a Geografia, os usos e costumes, a fauna e a flora, sempre naquele estilo agradabilíssimo, modelo de associação entre ciência e arte de escrever....[+]

 


Viagem às Províncias do Rio de Janeiro e São Paulo

Johann Jakob Von Tschudi 
Itatiaia
1976

É muito pouco divulgada a história da colonização suiça no Estado do Rio de Janeiro, da qual J. J. Tschudi nos dá precioso relato. Nomeado misnistro plenipotenciário no Brasil pelo governo suíço, Tschudi tinha uma missão especial; estudar os problemas da imigração suíça no Império. Problemas havia e muitos, como de resto os havia em relação a qualquer tipo de imigração. Esta Viagem, entretanto, não se limita à narrativa da colonização suíça na reigão de Nova Friburgo e Cantagalo, colonização que apresenta episódios épicos e dramáticos. Nosso autor se detém sobre vários outros temas, merecendo especial referência o estudo que faz sobre o café, e o em que fala dos répteis brasileiros. Por tudo isso este livro se torna uma referência indispensável à todos aqueles que querem compreender o Brasil...[+]