Website de Mônica Yamagawa

PADARIA FRANCEZA

rua direita, 46/47

história do comércio do centro de
são paulo

atualizado em: 14 de junho de 2018

 

home > centro de são paulo > história do comércio > PADARIA FRANCEZA

" - Padaria Franceza, Rua Direita no. 46 - Claudio Legoussat tem a satisfacção de participar ao Publico, que d'amanhãa em diante achar-se-ha em sua casa toda a qualidade de Pão, Biscoito salgado, e dôce, Rôscas, tanto em miudo como em attacado. Igualmente se encarregará de encommendas para fóra, e de mandar pão á casa das pessoas que quizerem honrar sua freguezia, esmerando-se em contentar a todos quanto em si couber."

[O Farol Paulistano, número 151, de 27 de setembro de 1828.]

 

[O Farol Paulistano, número 151, de 27 de setembro de 1828.]

 

[O Farol Paulistano, número 194, de 4 de março de 1829]

 

[+] Outros estabelecimentos comerciais que fizeram parte da História do Centro de São Paulo

 

CENTRO DE SÃO PAULO

 

Além Das Fronteiras: O Cotidiano Dos Imigrantes Na São Paulo Oitocentista - Vestigíos Testamentais

Vanessa Dos Santos Bodstein Bivar
Humanitas FFLCH - USP
2008

A presença de estrangeiros na sociedade paulistana pode ser percebida desde muito antes da expansão da economia cafeeira do final do séc. xix. A autora observou, através dos testamentos, as facetas do cotidiano familiar e econômico no ainda acanhado burgo oitocentista e aspectos das trajetórias de vida de alguns desses primeiros imigrantes, portugueses, alemães, espanhóis, franceses. (da Apresentação de Carlos de Almeida Prado Bacellar)...[+]

 


Terra Paulista: a formação do Estado de São Paulo, seus habitantes e os usos da terra / manifestações artísticas e celebrações populares no Estado de São Paulo / modos de vida dos paulistas - identidades, famílias e espaços domésticos

Maria Alice Setubal
(coordenação)
IMESP
2008

O primeiro e grande trabalho mostrando que o Interior paulista é tão valioso como o de Minas, por exemplo. Olha só: 1° volume é "A formação do estado de São Paulo,seus habitantes e os usos da terra." O segundo livro aborda o "modo de vida dos paulistas". O terceiro traz "as manifestações...[+]

Edição usada disponível nos sebos da
Estante Virtual

 

Arquitetura Italiana Em São Paulo

Anita Salmoni
Emma Debenedetti
Perspectiva
2007

Acompanha a produção de um espaço urbano, a qual se distingue por sua característica coletiva e se deve ao conjunto anônimo de imigrantes, marco inicial do processo, até a obra contemporânea, assinada individualmente por arquitetos de mesma extração...[+]

 


Dois séculos de projetos no Estado de São Paulo: grandes obras e urbanização.

Volume I: 1800-1889
Volume II: 1889-1930
Volume III: 1930-2000

Nestor Goulart Reis
Edusp
Imesp
2010

Contar a história da urbanização e do urbanismo no Estado de São Paulo por meio das grandes obras públicas é a proposta do arquiteto Nestor Goulart Reis nesta obra. O livro focaliza a história da instalação da infraestrutura, dos equipamentos e serviços que criaram e fortaleceram as condições gerais de desenvolvimento da economia paulista. A obra procura fornecer uma visão panorâmica do processo de transformação das cidades paulistas, do começo do século XIX até hoje. Apresentado em três volumes e ilustrado com centenas de fotografias, desenhos e gravuras, apresenta também marcos do desenvolvimento paulista. O primeiro volume focaliza obras construídas entre o começo do século XIX e o fim do Império (1889). Os destaques são as primeiras ferrovias, os primeiros sistemas de iluminação pública e os primeiros equipamentos de saúde e educação construídos pelo poder público. O segundo tomo abarca o período da Primeira República (1889-1930), quando a modernização urbana se acelerou com obras de saneamento, sistemas de transporte urbano, as primeiras rodovias e usinas hidrelétricas, sistemas de abastecimento de água, canalização de rios, novos equipamentos de saúde pública, espaços dedicados às atividades culturais e ao lazer. O terceiro apresenta a industrialização e a formação...[+]

 

HISTÓRIA DO COMÉRCIO DO CENTRO DE SÃO PAULO

[projeto em desenvolvimento]


A

A Cidade de Londres
A. J. Mauricio Pereira
Alfaiataria de Pedro Bourgad
Armarinho da Rua das Casinhas
Armazém de Guilherme Kraeuter
Armazém de José Antonio Martins
Armazém Rua São Bento n.93

 

B

Banco do Brasil
Bernardo Martins Meira
Botequim Paulistano
Botica de Joaquim Pires Garcia
Boticário João Antonio Rosa

 

C

Candido Ribeiro dos Santos, cirurgião - clinica homeopática
Casa da Rua do Rozário, 13 - livros (1828)
Casa de Antonio Bernardo Quartim

Casa de Comércio de Gabriel Henriques Pessoa
Casa de Joaquim José Correa, 1828
Casa de José Marques da Cruz (secos e molhados)
Casa de Henrique Fox
Casa de Luiz Paião
Casa Faria
Casa Fretin

Casa Lemcke
Casa Levy de Pianos
Coelho & Teixeira (loja de fazendas)
Collegio de Lindorf Ernesto Ferreira França
Curso Elementar de Bellas Letras

 

D

Dentista francês: A. Masseran
Depósito de Calçados da Fábrica de Siré Irmãos
Diligencia Progresso Paulista
Domingos Antonio Gomes - leilão
Dr. Theodoro Reichert

 

E

Estabelecimento da Rua Direita, 1828
Estabalecimento da Rua do Rozario, 22 (1828)
Estabelecimento da Rua do Rozario, 58 (1856)
Estabelecimento da Rua dos Piques
Estabelecimento de Henrique Luiz

 

F

Fábrica de Canastras e Tamancos
Fazendas (Tecidos) de Domingos Henrique da Silva

Ferraria Coelho & Marques
Frederico Fontame: carros para alugar
Fresneau Alfaiate

 

H

Hotel da Boa Vista / Hotel do Hilário
Hotel da Providencia
Hotel Palm

 

J

João Rost, cirurgião dentista
Jules Martin / Imperial Litografia

 

L

Livraria da Rua Direita
Livraria do Largo do Collegio
Livraria Ricardo Matthes
Loja da Raposa
Loja de Domingos de Paiva Azevedo
Loja de Ourives de Luiz Suplicy

 

M

Manoel José Bastos, artista daguerreotypo
Médico homeopata Carlos Marquios
Mestra de Primeiras Lettras, 1828
M.Izidoro, Mestre de Francês, 1828

 

P

Padaria Anno Bom
Progredior

 

R

Relojoaria de Luiz Bamberg

 

S

Salão da Paulicéa
Salla de Esgrima
Sinhana dos Bolinhos

 

T

Theatro S.Paulo
The Berlitz School of Languages
Tintureiro N.J.V. Ferard
Typographia na Rua de São José, 33

 

V

Vendedeiras de Peixe

 


 


Patrícios - Sírios E Libaneses Em São Paulo

Oswaldo Mario S. Truzzi
Unesp
2009

Os sírios e libaneses e seus descendentes, que ainda hoje comumente se referem uns aos outros como patrícios, formaram uma colônia razoavelmente numerosa no estado de São Paulo. Este livro procura dar conta dos principais determinantes das trajetórias sociais percorridas por essa colônia, compreendida como imigrantes e seus descendentes, entre os anos 90 do século XIX e a década de 1960 do século passado, com exceção do capítulo sobre muçulmanos árabes, cuja referência é mais atual...[+]

 


AURELIO BECHERINI

Vários autores
Cosac Naify
2009

Este livro reúne cerca de 200 imagens do Aurélio Becherini. Nascido na Itália, Becherini chegou ao Brasil no começo do século passado e registrou as mudanças pelas quais a capital paulistana passou nos anos 20 e 30, como ampliação de ruas, demolições e crescente urbanização, além das mudanças de hábitos que resultavam dessa pequena revolução. As imagens, organizadas de acordo com cada ponto retratado pelo fotógrafo, estão acompanhadas por textos de Rubens Fernandes Junior, historiador da fotografia, da pesquisadora Ângela C. Garcia e do sociólogo José de Souza Martins. O livro também conta com uma biografia do fotógrafo, índice das imagens por regiões da cidade e versões...[+] 

Edição usada disponível na
Estante Virtual

 



Pioneiros & Empreendedores: a saga do desenvolvimento no Brasil

Jacques Marcovitch
Edusp
2009

Nesta obra, Jacques Marcovitch refaz o caminho trilhado por mais oito pioneiros na construção do desenvolvimento brasileiro - Herman Lundgren, Luiz Tarquínio, Bernardo Mascarenhas, Delmiro Gouveia, Roberto Marinho, Augusto Trajano de Azevedo Antunes, Samuel Benchimol e Edson Queiroz. Nos textos de abertura e fechamento, reflete sobre as circunstâncias históricas em que se deram as experiências narradas, a realidade vivida pelos agentes econômicos e o papel de outros personagens que também ajudam a compreender o fenômeno no Brasil...[+]

 

 


 

home      moyarte      não-diário      contato